Sábado, 24 de julho de 2021
(43)99161-7373
SAUDE

10/06/2021 às 18h35

34

Gabriel Mondeck

Primeiro de Maio / PR

1º lote da Janssen vai vacinar trabalhadores do transporte no Paraná
1º lote da Janssen vai vacinar trabalhadores do transporte no Paraná
1º lote da Janssen vai vacinar trabalhadores do transporte no Paraná
Imagem: Reprodução

O Paraná vai usar as vacinas da Janssen, fabricada pela ala farmacêutica da Johnson & Johnson, para a imunização contra a covid-19 do quadro prioritário, com destinação das doses para um novo segmento: os trabalhadores da carga pesada.


Serão contemplados profissionais do transporte coletivo rodoviário de passageiros; do transporte ferroviário; do transporte aquaviários; e caminhoneiros. De acordo com o Plano Estadual de Vacinação, esse grupo é formado por 178,6 mil pessoas.


A estimativa do Ministério da Saúde é que as doses cheguem ao Paraná até esta sexta-feira (11). Ainda não há um quantitativo definido, mas a Secretaria de Estado da Saúde (SESA) trabalha com a perspectiva de 150 mil doses, seguindo o cronograma estabelecido pelo governo federal ao longo do ano.


Os imunizantes integram o primeiro lote com 3 milhões de doses disponibilizado ao País pela farmacêutica estadunidense e tem prazo de validade até 27 de junho, por isso a necessidade de distribuição e aplicação rápida. A entrega da remessa foi antecipada pelo fabricante para atender um pedido emergencial do Ministério da Saúde.


No total, o Brasil firmou acordo com a Janssen para receber de 38 milhões de doses, com envios previstos para o 3º e 4º trimestres. Diferentemente de outros laboratórios, contudo, para garantir a imunização completa a vacina requer a aplicação de apenas uma dose — os outros três imunizantes contra o coronavírus aplicados atualmente no País (Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac) requerem duas doses.


“Será uma nova alternativa para a população paranaense, um quarto imunizante disponibilizado ao País. As vacinas da Janssen devem chegar essa semana e como temos o dia 27 de junho como última data para utilização, vamos fazer um grande esforço para aplicar naqueles profissionais da carga pesada, como os caminhoneiros por exemplo”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. Ele confirmou a remessa em audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná.


Eficácia


A vacina fabricada pela Johnson & Johnson tem eficácia de 85% na prevenção de casos graves e oferece proteção completa contra hospitalização e morte por covid-19, segundo estudo divulgado em janeiro. A temperatura de armazenamento e o transporte dos imunizantes não oferecem desafios à logística, já que podem ser preservados em geladeiras comuns, entre 2ºC e 8ºC, por até três meses.

FONTE: temlondrina

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 Londrina TV - Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Gadi Sistemas de Sites